Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio atinge 95% dos bairros com coleta seletiva

quinta-feira | 07/11/2019

Eusébio atinge na próxima sexta-feira, 95% do seu território coberto com o Sistema de Coleta Seletiva. As equipes do Departamento de Educação Ambiental e do Departamento de Coleta Seletiva concluíram na sexta-feira passada a ampliação do sistema no bairro Pires Façanha e iniciou nesta semana o penúltimo bairro que receberá as visitas das equipes da Autarquia Municipal de Meio Ambiente e Controle Urbano (MMA) – o Olho D’água. Os trabalhos serão concluídos nesta sexta-feira (8).

Segundo a coordenadora do Departamento de Coleta Seletiva, Jaíres Lima, após essa fase, restará apenas o bairro Encantada para fechar os 100% do Eusébio coberto pela Coleta Seletiva. “Entre o final de novembro e início de dezembro atingiremos todos os bairros atendidos pela coleta”, disse. Ela observa que os bairros Pires Façanha e Guaribas receberão a visita do caminhão de coleta nas quintas-feiras e o Olho D’água e Timbú nas sextas-feiras.

Segundo a coordenadora do Departamento de Educação Ambiental, Stela Barros, com a ampliação dos bairros Guaribas, Pires do Façanha, Olho D´água e Timbú foram inseridas no sistema 4.486 habitantes com previsão de coleta de 5,8 toneladas. Já com a inclusão do bairro Encantada entrarão mais 1.254 habitantes e 1,6 toneladas de resíduos.

O prefeito Acilon Gonçalves enfatiza que o Eusébio entrará no seleto grupo de cidades do Brasil com 100% de seu território servido por um Sistema de Coleta Seletiva. “Todo o material é entregue no Centro de Triagem da Associação das Catadoras e Catadores de Resíduos Sólidos de Eusébio (ACCEU), que foi criado pela prefeitura com todos os equipamentos necessários, como esteira, prensa e empilhadeira para que os recicláveis sejam separados, compactados e destinados às empresas que reutilizam como matéria prima para novos produtos. Além do benefício ambiental, o serviço ainda gera emprego e renda para as famílias dos 20 membros da Associação. Reduzir o lixo que vai para os aterros e poupar os recursos naturais reciclando a matéria prima são ações que geram mais qualidade de vida”, afirmou.