Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio lança segunda campanha de mobilização pelo Registro Civil

terça-feira | 08/01/2019

A Prefeitura de Eusébio lançou a segunda campanha de mobilização pelo Registro Civil, que no ano passado atingiu 156 famílias, que receberam informações sobre o direito de cada cidadão de ter o Registro de Nascimento de forma gratuita. A campanha faz parte ações voltadas para a manutenção do Selo Unicef pelo município. Para coordenar as ações voltadas para essa atividade foi criado em novembro do ano passado o Comitê Municipal de Articulação para a Promoção do Registro Civil de Nascimento.

Segundo a enfermeira Nelci Bezerra, que participa do comitê, durante a campanha do ano passado foram identificadas alguns casos de subregistro e alguns casos referente a pendências quanto a paternidade. “Uma mulher havia registrado seu filho apenas com seu nome, pois seu marido havia falecido e ela não sabia que podia colocar o nome do mesmo. Ela se emocionou ao saber dessa possiblidade. Então vemos que há muita desinformação, ainda, sobre esse direito”, disse.

Já a enfermeira Jadir Pontes, que também participa do colegiado, assevera que o Hospital Amadeu Sá repassa as informações sobre as crianças nascidas na sua maternidade para o Cartório, que prepara os Registros e encaminha para o Hospital para ser assinado pelos país e, ato continuo é entregue aos mesmos.

A ação também conta com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Endemias que foram capacitados e auxiliam na identificação de crianças sem o documento. “Também estamos fazendo visitas as unidades de saúde no dia das oficinas itinerantes, quando falamos diretamente com as gestantes. Na terça, o trabalho é realizado no Hospital”, concluiu.

O prefeito Acilon Gonçalves destaca o trabalho realizado pelo Comitê para garantir que toda criança eusebiense tenha o Registro de Nascimento, por ser o primeiro documento civil do indivíduo, concedido gratuitamente. “Esperamos ampliar essa ação para atingir a todos que necessitem do documento, pois nele estão o nome, filiação, naturalidade e nacionalidade da pessoa”, pontuou.

O Comitê é formado pelos seguintes servidores: Inês Alice Vieira Said, Jacqueline Rocha de Souza Azevedo (Hospital Amadeu Sá); Jadir de Sousa Pontes, Maria Nelci Bezerra Lopes (Secretaria de Saúde); Simone Monteiro Baltazar (Conselho Tutelar); Bianca Mazo Soares Gomes Matos (Secretaria de Educação), Maria de Sousa Noronha e Ana Paula Freitas da Silva (Secretaria do Desenvolvimento Social).