Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio obtém sucesso no combate as arboviroses em 2017

sexta-feira | 01/12/2017

O Eusébio concluiu seu 7º Levantamento de Índice Amostral (LIA), dentro do Programa de Controle da Dengue e outras Arboviroses, inspecionando 3.666 imóveis, em 25 localidades, sem encontrar nenhum criadouro do mosquito Aedes aegypti. O município também está em dia com a exigência do Ministério da Saúde, que determina que as cidades com mais de 2 mil imóveis realizem três Levantamentos Rápidos de Índices de Aedes aegypti (LIRAa), por ano. O levantamento tem o objetivo de identificar o percentual de imóveis que apresentam criados de mosquito na cidade.

Segundo o coordenador do Departamento de Endemias da Secretaria de Saúde do Município, Iones Ferreira, o Eusébio conta com 40 zonas de atuação, com 40 servidores. Cada agente fica responsável por 800 imóveis. Ele observa que mesmo com os baixos índices, os agentes não estão baixado a guarda, pois existem locais que necessitam de maior atenção, como os bairros; Centro, Autódromo (devido as empresas de reciclagem e a existência de muitos pneus no Autódromo Virgilio Távora) e nos que fazem fronteira com Fortaleza, como Jabuti, Coaçu, Santa Clara e Santo Antonio/Pedras. “Nesses locais realizamos visitas de 15 em 15 dias”, frisou.

No último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado, o Eusébio apresenta o menor numero de casos da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde (1ª CRES), que inclui, ainda, Fortaleza, Aquiraz e Itaitinga. Foram quatro casos de dengue confirmados e nenhum de zika. Quanto à chikungunya, foram 149 casos.

O secretário de Saúde de Eusébio, Mário Lúcio observa que nesse caso específico, há uma epidemia no Estado, que já registrou 96.299 casos confirmados nos 184 municípios, com taxa de incidência acumulada de 1.497,4 casos por 100 mil, recorde nacional. Além disso, observa que há muito trânsito de pessoas entre o Eusébio e cidades da Região Metropolitana, onde a infestação é maior (56 mil casos confirmados até este mês só em Fortaleza), podendo ser essa a causa do número de casos.

Ele detalha, que o Eusébio vem mantendo todas as iniciativas de controle da dengue no município, com as equipes funcionando permanentemente, com os meios e recursos necessários para que eles possam trabalhar. Destaca que devido a esse trabalho, em julho deste ano, o município foi distinguido pelo Governo do Estado com a doação de um veículo, em face a qualidade dos serviços no combate e prevenção ao mosquito Aedes aegypti .

O prefeito Acilon Gonçalves argumenta que os indicadores demonstram claramente que as arboviroses no Eusébio tiveram uma incidência inferior ao que tem se verificado na maioria dos municípios do Ceará. E agora em 2017, destaca que o trabalho tem sido intensificado a ponto de todos os Levantamentos exigidos pelos órgãos superiores terem sido realizados antes do previsto. Ele destaca também a participação da sociedade nesse processo, aderindo às campanhas realizadas pela administração e pelas escolas municipais. “Que essa parceria continue para que o mosquito continue longe de nossas casas”, concluiu.