Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio realiza II Seminário de Experiências Exitosas Inclusivas

quinta-feira | 08/11/2018

A Prefeitura de Eusébio, através da Secretaria de Educação, com seu Setor de Inclusão, realizou nesta quinta-feira (8), o II Seminário de Experiências Exitosas Inclusivas do município. O evento, realizado no auditório da Escola Neusa de Freitas Sá, teve como objetivo promover uma cultura de conviver com as diferenças fortalecendo a verdadeira inclusão no âmbito educacional do município, tendo como tema: A Relação Professor/Aluno no Desenvolvimento das Potencialidades de Criança com Deficiência”.

O prefeito Acilon Gonçalves abriu a programação destacando o trabalho realizado pelo município no cuidado e atenção à pessoa com deficiência. “Acredito nesse trabalho, que vem nos dando excelentes resultados e colaborando de forma efetiva com o desenvolvimento dos nossos alunos com necessidades especiais”, frisou o prefeito, destacando que esse trabalho foi iniciado no município pela primeira dama, Marta Gonçalves, que estava presente no evento.

Atualmente, o Eusébio conta com 17 escolas que contam com Salas de Recursos Multifuncionais onde é desenvolvido o Atendimento Educacional Especializado (AEE), que atendem 670 alunos com laudo. Segundo Marcilene Lima, coordenadora do Setor de Inclusão, são realizados encontros mensais com as professoras (psicopedagogas) das AEEs, para a realização do planejamento das atividades que são desenvolvidas com os alunos de acordo com os níveis de deficiência. “Neste seminário as professoras e diretoras apresentam uma experiencia exitosa de suas escolas, para que assim possamos avaliar os resultados do nosso trabalho”, disse.

Na abertura da atividade, os presentes entoaram o Hino Nacional que foi interpretado para os alunos surdos, com a participação do interprete de LIBRAS do Núcleo de Apoio Municipal aos Munícipes com Necessidades Especiais (NAMME), Daniel Oliveira.

A secretária de Educação, Goretti Frota, saudou os presentes, destacando a importância do Seminário como forma de integração das escolas e como um momento de avaliação do caminho percorrido, com cada unidade apresentando seus exemplos de sucesso. “Esses bons resultados são frutos de um trabalho feito com dedicação pelo Setor de Inclusão, pelas psicopedagogas, professoras, diretoras e técnicos, com o apoio do nosso Prefeito Acilon Gonçalves, que tem um carinho e atenção especial para com esse trabalho”, disse.

Em seguida foram apresentados os estudos de casos pelas professoras das Salas de Recursos Multifuncionais, onde é desenvolvido o AEE. A primeira foi a professora Ana Lúcia dos Santos, da Escola Francisco Tavares de Abreu; seguida por Maria Pereira da Silva Souza, da Escola Moacir Ferreira; Sueli Ferreira Mendes, da Escola Eduardo Alves; Maria Feliciana Gomes Cysne, Escola São Miguel e Maria Gerlândia Sousa Nascimento, da Escola Paulo Sá, fechando o primeiro bloco.

Em seguida foi a vez de Eliana Jucá Landim, da Escola Izídio José Campina; Flaviane Lima Façanha, da Escola Otoni Sá; Fabrícia Hermany Vasconcelos, da Escola Raul Tavares I; Francisca Zuilene de Oliveira Paiva, da Escola Santa Clara e Suzane Rodrigues da Silva, da Escola Mário Sales, no segundo bloco, encerrando o primeiro ciclo de apresentações.

Já no período da tarde, o segundo ciclo de apresentações foi aberto por uma apresentação cultural dos alunos da Escola Paulo Sá, com participação da aluna do 8° ano, Pâmela Silva Ferreira. As apresentações dos casos foi iniciada pela professora Antonia Lúcia de Almeida Lacerda, da Escola Evandro Ayres; em seguida participaram Maria Gabriele Otaviano, da Escola Raul Tavares II; Maria Eronice da Costa, da Escola Neusa de Freitas Sá e Celsa Bezerra Ferreira da Escola do Cararu.

O ultimo bloco de apresentações contou com Claudiana Sousa Gomes, da Escola Josefa Sá; Francisco Terto da Silva da Escola das Guaribas e Francisca Regina de Almeida, da Escola Adelino Bezerra. Durante as exposições dos casos exitosos, os vídeos e imagens foram previamente autorizados para uso exclusivo do evento pelos pais e responsáveis.