Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio realiza o VI Festival de Histórias Infantis

sexta-feira | 19/10/2018

O município de Eusébio, através da Secretaria de Educação (Seduce), realizou nesta quinta e sexta-feiras, o VI Festival de Histórias Infantis. O evento, realizado no auditório da Escola Neusa de Freitas Sá, é coordenado pela professora Zuíla de Morais. A atividade tem como objetivo proporcionar uma integração entre as escolas de ensino infantil, oportunidade que os alunos realizam dramatizações dos livros trabalhados em sala de aula.

Entre as publicações apresentadas estão: Vila da União; O Saco; O Sonho do Mar; Dona Ivone e o Papagaio; O jogo da bicharada; Branca de Neve e os sete anões; As borboletas bailarinas; o Gato da Dona Naná; A mercearia da Dona Maria; Não violência com a vida; Ciranda das Cores; Chapeuzinho Vermelho; A Festa dos Animais; A Sabiá que não sabia voar; A gotinha Lola, entre outros.

No primeiro dia, houve a participação das escolas: Josefa Sá, CEI Timbu, Criança Vivendo Feliz, Adelino Bezerra, CEI Almir Ferreira, CEI Francisco José, Escola São Raimundo, CEI Maria Zuleide e Escola Oscar Feitosa. “Todas as apresentações foram maravilhosas. Agradecemos o empenho das crianças, professores, diretoras, coordenadoras, técnicos da Secretaria Municipal de Educação, Equipe de Inclusão. Os pais e convidados ficaram encantados”, disse Zuíla.

Nesta sexta-feira, foi a vez das escolas e creches: CEI Maria Tavares de Souza; CEI Jabuti; Edmilson Pinheiro; Lagoinha; Mundo Encantado da Criança;, Paulo Sá; São Miguel; Valdemar Pereira de Queiroz, entre outras.

A secretária de educação, Goretti Frota, observa que a mostra é a culminância das atividades realizadas com os livros infantis durante o ano nas escolas e creches. Destaca que a utilização de livros infantis em sala de aula motiva os alunos a se interessarem pela leitura, auxiliando ainda na interpretação e raciocínio, para as séries posteriores.

O prefeito Acilon Gonçalves ressalta que o Festival é um momento lúdico, onde as crianças fixam o conteúdo das histórias interpretando os personagens. Ele aponta que os livros desempenham um importante papel no processo de desenvolvimento da linguagem. “As histórias carregam valores culturais, sociais e ainda linguísticos, que podem ser transmitidas à criança por meio de sua narrativa. Ao ouvir histórias, a criança vai construindo seu conhecimento da linguagem escrita, que poderá proporcionar uma maior facilidade em seu aprendizado futuro”, opina.