Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio vai ampliar coleta seletiva para 100% dos bairros da cidade, até outubro

segunda-feira | 12/06/2017

A Prefeitura Municipal do Eusébio, através da Autarquia Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (AMMA), vai ampliar para 100% da cidade o programa de Coleta Seletiva do município. Segundo o prefeito Acilon Gonçalves, neste mês de junho está sendo feito um levantamento da logística de cada localidade do município. O objetivo, segundo ele, é que em cada bairro tenha um parceiro para auxiliar na sensibilização da comunidade, para que participe da coleta, que é voluntária.

Segundo Luciana Lopes, consultora contratada para desenvolver a cooperativa, participam dessa ação, a Fundação Alphaville, a Associação de Catadoras e Catadores de Materiais Reciclados de Eusébio (ACEU), 3Corações e a AMMA. Segundo ela, a Central de Resíduos Sólidos, localizado no bairro Santa Clara, está com todo o maquinário pronto para receber o material, separar e prensar para ser comercializado. “Nossa coleta atual é de 24 toneladas por mês de materiais recicláveis, mas a produção chega a 240 toneladas/mês. Com essa ação queremos alcançar pelo menos 40% de coleta desse material”, frisou.

Todo esse material é processado e comercializado com empresas de reciclagem de lixo do município gerando renda para 15 famílias de catadores que integram a Associação de Catadores e Catadoras de Eusébio. A Coleta atualmente atinge os bairros do Jabuti, Santo Antônio, Santa Clara, Urucunema, Parque Havaí, Centro, Lagoinha, Mangabeira, Precabura e Cararu, totalizando 27.917 habitantes, ou seja, mais de 50% do total da população do município.

O presidente da AMMA, Celso Rodrigues, destaca que a Prefeitura realizou um convênio com a ACEU concedendo uma subvenção social a Associação de Catadoras e Catadores de Materiais Reciclados de Eusébio (ACEU), com o objetivo de impulsionar a inclusão social em conjunto com a coleta seletiva no município. O valor da subvenção social é de R$ 10 mil mensais.