Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

NASF-Timbú trabalha a Educação em Saúde nas comunidades

quarta-feira | 25/04/2018

O Núcleo de Apoio da Saúde da Família (NASF) do Timbu, que abrange o território das localidades do Timbu, Olho D’Água, Coaçu, Encantada, Mangabeira, Cararu/Precabura e Novo Portugal, trabalha a Educação em Saúde com a população, como também atendimentos individualizados nas especialidades como fisioterapia, nutrição, terapia ocupacional, educação física e serviço social.

Segundo a fisioterapeuta Adriana Arrais, ao longo dos meses do ano o NASF trabalha nas comunidades temas significantes que orientam as pessoas em temas específicos e consequentemente visam melhorar a qualidade de vida dos eusebienses. “Neste mês de abril do corrente foi trabalhado o tema AVC/ hipertensão arterial e no mês de maio serão iniciadas atividades nas Escolas com o Programa de Saúde na Escola”, detalha.

O secretário de Saúde, Mário Lúcio Ramalho, observa que independente de faixa etária, tipo de palestras ou local, os profissionais do NASF incentivam a prevenção de doenças, orientam os grupos, independente de seu risco, melhoram a qualidade de vida dos clientes. “Enfim o NASF, com sua oferta de serviços e com seu Apoio as Unidades Básicas de Saúde da Família proporciona uma resolutividade territorial na Saúde de nosso Município”, assevera.

O prefeito Acilon Gonçalves frisa que o NASF é uma equipe composta por profissionais de diferentes áreas de conhecimento, que devem atuar de maneira integrada e apoiando os profissionais das Equipes Saúde da Família, das Equipes de Atenção Básica para populações específicas, compartilhando as práticas e saberes em saúde nos territórios sob responsabilidade destas equipes.

Criamos os NASFs com o objetivo de ampliar a abrangência das ações da atenção básica, bem como sua resolutividade. “O NASF deve buscar contribuir para a integralidade do cuidado aos usuários do SUS, principalmente por intermédio da ampliação da clínica, auxiliando no aumento da capacidade de análise e de intervenção sobre problemas e necessidades de saúde, tanto em termos clínicos quanto sanitários e ambientais dentro dos territórios”, pontuou.