Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Prefeitura de Eusébio celebra formatura de nova turma do Proerd

quinta-feira | 07/12/2017

A Prefeitura de Eusébio, através da Secretaria de Educação (Seduce), em parceria com a Polícia Militar do Ceará formou, nesta quarta-feira 584 alunos no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). O objetivo do projeto é “vacinar” as crianças contra a epidemia das drogas e da violência, que assola a sociedade brasileira. Desde 2008, quando o Proerd foi iniciado no Eusébio, já foram capacitados 8.600 alunos. O Prefeito Acilon Gonçalves fez um pedido para que o projeto seja ampliado para todas as escolas do município nas turmas do 4º ano a partir de 2018 e solicitou das diretoras a apresentação de um projeto este ano.

A solenidade de formatura, que aconteceu no Ginásio da Escola Neusa de Freitas Sá, contou além do prefeito Acilon Gonçalves, com as presenças da Secretária de Educação de Eusébio, Goretti Martins; do secretário de Esportes, Michel Chokito; do Tenente da reserva, Aloísio Moreira, que por muitos anos esteve como monitor do programa no Eusébio e os sargentos (PMs), Albano e Moura, que estão a frente do programa atualmente, além de vários técnicos da Educação, professores e familiares.

O Proerd foi criado inicialmente na cidade de Los Angeles, Califórnia (EUA), em 1983 com o nome de Dare (Drug Abuse Resistance Education) ou Dare América, através de uma parceria entre o Distrito Escolar Unificado e o Departamento de Polícia daquela cidade, para ser implantado em escolas. Como a criminalidade era intensa, a comunidade se reuniu e criou diversos programas de combate a violência, mas que tinha como foco a punição, como percebeu que não bastava para resolver o problema, criou então o Dare que tem como meta principal a prevenção, iniciando com as crianças.

No Brasil, o programa iniciou-se pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) em 1992 e no Ceará chegou em 2001. No Eusébio o programa vem sendo desenvolvido desde 2008. Os instrutores tomam lugar dos professores e ministram aulas e vivências para a conscientização sobre os perigos que a drogas e a violência podem causar a todos.

Segundo a Secretária de Educação, Goretti Martins, o pedido do prefeito para que o projeto se estenda para todas as crianças de 8 a 9 anos é muito bem vindo, já que estudos mostram que essa faixa etária é a mais propícia para desvios de conduta. “Para nós, é a certeza que estamos no caminho certo, pois esses alunos são multiplicadores, inclusive atuam como mediadores de conflitos,” ressaltou.

A coordenadora do Departamento de Apoio ao Estudante (DAE) da Seduce, Maria do Carmo Santos (Carmosa) observa que o Proerd é uma medida de prevenção que fortalece a criança para que não trilhe pelo caminho da droga e da violência. “É uma vacina que trabalha e incentiva os vínculos afetivos, envolvendo as famílias. O DAE tem visto essa melhoria inclusive estamos visitando as famílias dos nossos alunos e ouvindo dos próprios pais a evolução deles, quando a sua postura diante da comunidade em que vivem”, pontuou.

Durante a solenidade, a aluna do 5º ano B, da Escola João de Freitas Ramos, Marcela Luana Almeida leu a redação vencedora da turma de formandos com o tema “O que o Proerd ensinou”. Também aconteceu o depoimento de um pai de aluno, Claudiano Silva, que falou sobre o que a formação do Proerd influenciou na vida de sua família.