Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Presidente da AMMA dá esclarecimentos sobre obras na Lagoa Parnamirim

quinta-feira | 21/02/2019

O presidente da Autarquia Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (AMMA), Celso Rodrigues, veio a público dar esclarecimentos sobre os impactos ambientais que supostamente estariam sendo ocasionados por um empreendimento imobiliário em construção às margens da Lagoa Parnamirim. Segundo Celso, o empreendimento foi licenciado em 2015 e trata-se de um loteamento residencial e comercial, com 122 lotes residenciais, 24 comerciais e um clube. Observou que quando da aprovação do projeto, foi delimitada uma faixa de Área de Proteção Permanente, de acordo com a Legislação Federal, estabelecendo o espelho d’água da Lagoa com aproximadamente 70 mil m².

Ele se pronunciou, ainda, sobre a obra de intervenção do sangradouro da lagoa. Recordou entre abril e maio do ano passado, uma chuva atípica ocasionou uma cheia na Lagoa que transbordou, alagando a Avenida Parnamirim na região da Igreja de Sant’Ana. “Solicitei ao dono do empreendimento que verificasse o que estava ocorrendo e a avaliação foi o antigo sangradouro estava obstruído. Portanto foi realizada, com aprovação da AMMA, uma obra de canalização e drenagem de interligação desse sangradouro com a galeria de agua pluviais, eliminando a possibilidade de novos transbordos. Hoje, tanto a Lagoa Parnamirim como a Lagoa do Polo sangram para o Açude Perigoso que fica em frente à sede da prefeitura, portanto compõem uma bacia hidrográfica”, revelou.

Disse que a obra do sangradouro foi aprovada com a apresentação de estudo técnico. No caso de transbordo do Açude Perigoso, asseverou que o mesmo despejará o excedente no Rio Coaçu. Segundo Celso, a obra não causará impacto, pois a água seguirá seu fluxo normal. “Após a conclusão da obra, técnicos da AMMA irão ao local verificar a regularidade da mesma para autorizar sua finalização. Quero ressaltar que após o recebimento de denúncias enviamos técnicos ao local para uma vistoria e não foi encontrado nenhum desvio do projeto original. Não é à toa que o município vem recebendo certificação de município verde. Somos um dos poucos no Estado, que recebemos esse selo de forma consecutiva. Temos um zelo, diligencia com o meio ambiente. Isso é zelar pelo correto desenvolvimento sustentável do município, pois todas as obras são licenciadas, acompanhadas e se tiver irregularidades são autuadas e paralisadas” concluiu.