Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3924-6780
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Secretaria de Saúde inicia testagem para Covid-19 em profissionais de educação na segunda-feira

sexta-feira | 29/01/2021
Além dos professores serão testados os trabalhadores de serviços gerais (porteiros, faxineiros) lotados nas escolas. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Eusébio, através da Secretaria Municipal de Saúde, inicia na próxima segunda-feira (1º) a testagem para Covid-19 nos 1.700 professores e profissionais da rede municipal de ensino. A medida é necessária devido ao início das aulas nas escolas municipais. Segundo o secretário de Saúde de Eusébio, Josete Malheiros, além dos professores serão testados os trabalhadores de serviços gerais (porteiros, faxineiros) lotados nas escolas.

O teste a ser aplicado será o Swab na mucosa nasofaringe (nariz e garganta), e o resultado deve sair em quatro horas. A rapidez do resultado é devida a parceria feita entre a Secretaria de Saúde de Eusébio e órgãos estaduais e federais. A Secretaria está organizando uma força tarefa para imunizar todo público alvo em uma semana e para tanto, pretende engajar, envolver e contar com os profissionais das Equipes de Saúde Bucal dos postos de saúde e dentistas do Centro de Especialidades Médicas (CEO). A vacinação acontecerá nas escolas.

Início das aulas

As aulas da rede pública de Eusébio começarão na próxima segunda-feira, 1º, de forma remota. Segundo o secretário de Educação, Júlio César da Costa, após a testagem dos profissionais, algumas séries (Infantil V; 2º ano; 5º ano e 9º ano) passarão a ter aulas híbridas, isto é, dois dias de forma remota e três dias na forma presencial. Nesta semana, a Secretaria de Educação está realizando a Semana Pedagógica, onde os professores estão planejando o ano letivo de 2021.

Segundo ele, durante o processo de matrícula houve uma conversa com as famílias sobre o início das aulas quando foi feito o convite para que os alunos possam participar das aulas presenciais. Ele observa que as escolas estarão preparadas para receber os alunos, seguindo os protocolos para Covid-19. Júlio César afirma que para os alunos sem internet, as escolas vão identificar os casos e buscar as soluções.