Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Educadores do Eusébio discutem a Base Nacional Comum Curricular

terça-feira | 06/03/2018

A Prefeitura de Eusébio iniciou nesta terça-feira (6), através da Secretaria de Educação do Município (Seduce), a discussão sobre a proposta de Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define os conhecimentos essenciais que os alunos devem ter acesso em sua vida escolar. A ideia, segundo a secretária de Educação, Goretti Martins, é que, com base na diretriz nacional, o Eusébio encontre adequações para a realidade local, definindo as disciplinas que serão oferecidas na rede municipal.

O prefeito Acilon Gonçalves, presente ao evento, destacou que a notícia da mudança curricular causou um certo impacto, pois mudaria um sistema com mais de 150 anos, mas em um segundo momento verificou-se a necessidade. “Temos algumas obrigações a serem cumpridas e então vamos planejar as adaptações nas variáveis”.

“Cabe a nós adaptarmos para a nossa realidade as determinações nacionais. E vamos fazer isso com o carinho e o esmero que sei que cada um dos profissionais da Educação tem. Quero aproveitar aqui para enaltecer o trabalho da equipe de coordenação, que é formada por profissionais capacitados para bem servir”, pontuou.

Acilon detalhou que neste ano teremos muitas novidades no Município. Citou a reinauguração do Setor da Inclusão, que foi todo reformado na próxima segunda-feira. Destacou que entre agosto e setembro, estará entregando outro equipamento – a Sala do Autista, que ocupará o prédio onde atualmente funciona o Centro de Reabilitação. “Em julho, estaremos inaugurando o novo Centro de Reabilitação Regional e abriremos espaço para criarmos esse novo setor. Com isso, fecharemos todas as áreas da Educação sendo atendidas,” afirmou.

Inicialmente, a unificação da base curricular foi apresentada à comunidade escolar. O evento teve a participação de todos os técnicos da Seduce, diretores e coordenadores e um professor por escola.

Goretti Martins afirma que a Base Curricular é única, e cada localidade pode diversificar a mesma, com outras disciplinas. “Por exemplo, aqui no Eusébio temos a disciplina da Formação Humana e Cidadania. Portanto, podemos trabalhar o regramento nacional trazendo para a nossa realidade”, asseverou. Após esse primeiro encontro, o estudo sobre a Base Curricular acontecerá nas escolas, onde os diretores, coordenadores e técnicos que participaram do evento inicial, transmitirão o aprendizado para os demais.