Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio realiza I Mamaço de incentivo ao aleitamento materno

quinta-feira | 09/05/2019

O I Mamaço do Eusébio aconteceu nesta quarta-feira (9) no Polo da Lazer Ivens Dias Branco. A programação foi realizada pela Prefeitura de Eusébio tendo como objetivo o incentivo ao aleitamento materno. O evento faz parte da programação da Semana do Bebê e contou com a presença do prefeito Acilon Gonçalves e da primeira-dama Marta Gonçalves. Acilon destacou a importância do incentivo a amamentação logo nos primeiros minutos do nascimento. “O leite materno serve como vacina para diversas doenças e além de proteger o bebê, nutre e amplia os laços de afeto entre a mãe e o neném”, disse.

Segundo ele, a amamentação deve ser dada até quando a mãe tiver leite, ou pelo menos até os seis meses de vida do bebê. “Sabemos das dificuldades de algumas mães que precisam trabalhar e muitas vezes precisa desmamar cedo, mas as que puderem continuem amamentando. Essa é o maior exemplo de amor que a mãe pode demonstrar para com o filho”, disse.

Em seguida falou a assessora especial de Políticas para Mulher de Eusébio, Yara Steremberg, que ressaltou que o Mamaço é um momento em que as mães e seus bebês se reúnem para a amamentação em público. “Ainda há muito preconceito com relação a amamentação em público, mas isso é natural e a sociedade deve ser conscientizada disso. As mulheres geram e nutrem seus filhos, isso demonstra a sua força”, destacou.

A enfermeira Jackeline Torres, responsável pelo Posto de Coleta de Leite do Hospital Amadeu Sá disse que a amamentação é uma troca de amor entre mãe e filho. “Precisa de tempo, dedicação e muito amor. Sabemos das dificuldades de se manter a amamentação por muito tempo, mas ela é importante para a vida do bebê”, frisou.

Ela falou sobre o Posto de Coleta de leite que vem auxiliando bebês que se encontram na UTI do Hospital Albert Sabin e salvando vidas.  Ela convidou uma mãe doadora de leite, Andreza Dias da Costa, para dar seu depoimento sobre amamentar e doar. “É muito bom sentir a sensação de estar ajudando outras pessoas. Como produzo muito leite sacio meu bebê e mesmo assim ainda tenho bastante para auxiliar outros bebês. As vezes é doloroso, cansativo, mas é gratificante,” asseverou.

Jackeline lembrou que as mães não podem amamentar diretamente outras crianças no peito, mas podem doar o leite que passa por um processo de pasteurização para poder ser consumido por outros bebês. “O leite que cada mãe produz é próprio para seu bebê, por isso que o leite doado tem que passar por esse processo para que possa ser consumido por outras crianças”, destacou.

A nutricionista Lia Mara, da equipe dos Núcleos Ampliados de Saúde da Família (NASFs), que observou que o leite materno é um alimento tanto para o corpo, quanto para a alma, pois cria uma interação e amplia o afeto entre mãe e filho. “Esse I Mamaço é um ato simbólico de promoção do aleitamento materno”, disse. Falou também a nutricionista Sara Alencar sobre as vantagens da amamentação. Ela convidou a dona de casa Paula Chagas, que após 19 anos de ter dado a luz ao seu primeiro filho, engravidou novamente de gêmeas. “O meu primeiro filho mamou até os 3 anos e meio e só deixou quando quis. Nessa gravidez não produzi tanto leite, até que bebi um suco de beterraba com laranja e passei a produzir e doar leite,” comentou.

O prefeito Acilon Gonçalves fez a entrega simbólica do certificado de participação do I Mamaço, à senhora Valdirene da Silva Pereira, as demais receberam no final do evento. O prefeito, ao lado da primeira-dama, ainda presenciou uma oficina de Shantala.

Nesta quinta-feira, a programação da semana do Bebe terá continuidade com atividades nas escolas com o Momento Brasil; apresentação cultural e Piquenique Literário. No CRAs Sede haverá a palestra informativa sobre a alimentação saudável na primeira infância; a importância do registro civil e documentação e oficina de construção de maracá. O Posto de Saúde do Amador, palestra sobre a importância dos primeiros mil dias para o desenvolvimento seguro do bebe e massagem Shantala no CEI Formiguinha