Rua Edmilson Pinheiro, 150, Autódromo, Eusébio - Ceará, 61760-000 | 85 3260-5145
prefeitura@eusebio.ce.gov.br

Notícias

Eusébio vai retornar com o Projeto de Hidroponia Social

terça-feira | 23/01/2018

A Prefeitura Municipal de Eusébio vai retomar o projeto Hidroponia Social neste ano. A estufa, localizada na Escola Neusa de Freitas Sá está sendo reformada para que o plantio de hortaliças e verduras seja reiniciado. Segundo Gleison Feitosa, idealizado do projeto, o local contará com dois sistemas de produção – a hidroponia e o plantio em fibra de coco, ambos segundo ele, têm capacidade de produção de 100% nos canteiros.

A parte hidráulica também será reformulada. Será criado um novo sistema de alimentação das plantas que se juntará ao existente que por sua vez será reativado. O plástico da cobertura será trocado e serão construídos novos canteiros. O projeto, segundo Gleison, vai produzir couve, alface, coentro, tomate cereja, jerimum, pimentão e cebolinha. A produção é destinada a merenda escolar das escolas municipais e o excedente é distribuído para o Hospital Municipal.

Segundo o prefeito Acilon Gonçalves, o projeto, de baixo custo, foi iniciado em 2010 e tem como foco também a capacitação dos alunos da rede pública do município, interessados em conhecer a agricultora orgânica através da hidroponia. A estufa do Eusébio, sediada na Escola Neusa de Freitas Sá, tem 720 m² e no seu auge alcançou 95% de sua capacidade de produção.

“Nossa administração tem se empenhado em fornecer uma alimentação saudável e com bom valor nutricional aos alunos das escolas da rede municipal de ensino. O projeto Hidroponia Social, além de possibilitar essa alimentação saudável, fornece também o suporte pedagógico de trazer todos os alunos para conhecer como se produz, cultiva e o valor nutricional dos alimentos que fazem parte da alimentação nas escolas”, ressalta.

O projeto funcionará em dois sistemas: a hidroponia tradicional que utiliza o sistema NFT, que é um tipo de produção suspensa em bancadas, dispostas paralelamente, onde as plantas são colocadas em canos de PVC, em esponjas fenonas. Nesse sistema, a água circula do tanque para os canos, sempre deixando as plantas irrigadas. O outro meio será o plantio em fibra de coco (Eco-Horta), onde as mudas são acondicionadas em jarros.